Poesia, pensamientos y reflexiones.

El desván del poeta.

Pôxa!...

Poema de Carlos Magno.

Pôxa!...

Que entardecer risonho,

O mundo berdou de sonhos,

pra enfeitar esse lugar.

Veja só que nuvem flutuante!

Parece o mesmo brilhante

que acende o teu olhar.

Se uma querência bem medida,

se atirar de tua vida

pra viver em minhas mãos,

eu a apertarei assim nos dedos,

como se guardam segredos,

se não, vazam pelos vãos.

Ah! Se tua pele vaporosa

fosse pétala de rosa

e eu gôta de sereno!...

Eu não perderia tal ensejo,

despejava meu desejo

em teu jardim de céu ameno.

Poema de amor.

Visitas: 55

Comentar

¡Necesitas ser un miembro de Poesia, pensamientos y reflexiones. para añadir comentarios!

Participar en Poesia, pensamientos y reflexiones.

Comentario por Evangelina Valdez el junio 24, 2010 a las 12:16am
Buen derrame de deseos en el jardín de tus sentimientos.
¡Lo que hace una mujer! jajajajaja

Boa sorte derrame no jardim de seus sentimentos.
O que faz uma mulher! ja ja

© 2019   Creado por Yoli.   Tecnología de

Emblemas  |  Reportar un problema  |  Términos de servicio